segunda-feira, 12 de setembro de 2011

CONSTRUÇÃO DOS PORTIIFÓLIOS



ATIVIDADE - II

membros da ALDEIA DIGITAL, chegou um momento importante e necessário no processo de MULTILETAMENTOS.

1º exercício de diferentes habilidades letradas, como:

* Formatação de trabalhos ( ver manual atentamente),
* Produção de ambientes virtuais para informação e aprendizagem,
*Interação e troca de conhecimentos sobre teoria e prática de forma colaborativa;
* Desenvolvimento interdisciplinar, fênonemos de: multimodalidades, ressemiotização;
* Compreensão das práticas na cibercultura/ciberespaço.

(Aos dez lideres)

Entrem em contato, temos tarefas a serem desenvolvidas.

Atentem as essas questões. Todas possuem papel

7 comentários:

  1. * Produção de ambientes virtuais para informação e aprendizagem

    No meu ponto de vista com esse mundo virtual em que estamos, tanto o professor como o aluno pode desenvolver grandes projetos no meio educacional através desse ambiente virtual fazendo trocas de experiências e conhecimento,com isso proporcionar ao aluno elaboração de projetos em trabalhos garantindo um dominio da tecnologia em teoria educacional e também na prática com essa tecnologia garantindo assim o conhecimento em tecnologia no meio educacional, permitindo ao aluno expressar suas ideias através de desenhos, textos escritos e também no desenvolvimento de trabalhos em grupo onde todos coloque sua ideia referente ao tema do projeto escolhido por cada grupo. O aluno tem que saber usar isso para o seu auto conhecimento e não usar por usar, ou seja, tem muitos alunos que quando o professor pede para montar um projeto ou trabalho com um determinado *tema* ele nem se da o trabalho de expor suas próprias ideias atraves daquele tema escolhido ele apenas pesquisa *copia e cola* não se da nem o trabalho de testar sua capacidade de saber fazer, ele acha que com isso esta demonstrando algum conhecimento.Só que eles tem que ficar atentos, pois isso só leva eles ao mundo daqueles chamados *Alunos Copistas*, ou seja, não busca o seu próprio conhecimento,não testa a sua capacidade,não testa seus limites e não aprofunda a compreensão da sua própria autoria de serem co-autores no desenvolvimento do seu projeto.O uso da desse sistema no meio educacional tem que ser para a construção de novos saberes. Conforme no querido Paulo Freire ( Todos aprendem juntos e em comunhão).

    Aline Gonçalves - Curso Pedagogia 1°A Noturno -Campus Osasco

    ResponderExcluir
  2. Acho que está certa Aline ,temos que expor nossas idéias mesmo que as vezes não pareçam tão corretas ,isso nos dá a chance de acertarmos e adquirir novas experiências.
    Vanuza - Curso de História 1º Noturno - Campo Limpo

    ResponderExcluir
  3. É isso ai Vanuza e Aline. Esse é o espírito. Não ter medo de errar para aprender. Participar acima de tudo, arriscar, tentar, mas, sobretudo, ser sujeito da sua formação, permitir-se. Deixar de ser predicado e passar a ser sujeito do processo. Parabéns. Vcs estão indo muito bem, entenderam a essência do processo.

    ResponderExcluir
  4. Temos que nos preocupar com a nossa formação acredito que com os nossos erros vamos nos aperfeiçoar ainda mais,esse desempenho nos mostrará que somos capazes de erros e acertos.

    ResponderExcluir
  5. Errar está sujeito a todos! Com o erro podemos ter a certeza que tentamos e que precisamos melhorar e fazer diferente. Como nossa colega havia dito, o erro faz com que nos nós aperfeiçoamos cada vez mais. Mas o importante é sempre manter a relação entre o docente e o educando!

    ResponderExcluir
  6. Talita Coelho 1º ano de Pedagogia.... Campus Campo Limpo

    ResponderExcluir